segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Paleta de cores

Mamis achou uma reportagem super interessante sobre cores e me enviou, claro! A reportagem fala de roupas, mas dá pra aplicar tudinho na decoração do casório, então passo a reproduzir aqui! Acho que vocês vão adorar!!

O primeiro passo para apostar nas tonalidades fortes é entender que não existe combinação errada. "Cor é um assunto polêmico, tem todo um envolvimento emocional, então é preciso que a pessoa que esteja usando goste e se simpatize, porque vai ter sempre alguém que vai achar horrível", explica Ana Vaz, consultora de moda.


Cores próximas

Também chamadas de análogas, elas ficam uma ao lado da outra no círculo cromático. Caso do azul com o roxo; do violeta com o rosa; do vermelho com o laranja, do verde com o amarelo, etc.. A combinação entre esses tons pode parecer mais simples, pois eles têm pigmentações em comum. Por exemplo: no laranja e no abóbora existem nuances da cor primária amarela; no roxo e no violeta se vê a lembrança do azul; no rosa e no roxo, o tom de base é o vermelho e assim todas as cores apresentam o toque das primárias e por isso fica mais fácil de combiná-las entre si. Para serem análogas, as cores não necessariamente precisam estar coladas, se pular uma casa, a outra continua sendo próxima. O contraste aparece com mais vigor a partir do momento em que existam dois tons de intervalo.




Cores complementares por oposição

Essas tonalidades ficam em lados opostos no círculo cromático, por exemplo: verde e vermelho, azul e laranja, amarelo e violeta. Elas se combinam pelo contraste e por isso mesmo o resultado são looks ousados. "A harmonia, nesse caso, acontece pela dissonância. As cores se complementam pela diferença que existe entre elas", ilustra Ana. A dica para quem quer mergulhar de cabeça nesse tipo de composição, mas ainda se sente insegura, é optar por uma cor vibrante e escolher a versão neutra da outra tonalidade. "Por exemplo, pegue uma peça laranja intenso e misture com o azul na variação quase marinho, o neutro escuro dessa cor", indica Ana. Não precisa usar as duas ou três cores na vivacidade máxima existente, é possível brincar com os tons fortes e neutros para começar.



Tom sobre tom

Essa composição, sem sombra de dúvidas, está no topo da lista das mais fáceis, mas exige cuidado para não ficar monótona e sem sal. Uma modelagem conservadora com um tecido simples corre o risco de ficar sem graça. "Invista na mistura de renda com seda e linho com crochê. Enriqueça o look com texturas e modelagens", recomenda Ana Vaz. Esse tipo de combinação pede cuidado com as nuances de cada cor. "É preciso que fique nítida a finalidade do tom sobre tom. Se a diferença de gradação de uma peça para a outra for muito pequena, a composição pode parecer um erro", aconselha a consultora. Nesse caso, é melhor que as peças sejam praticamente iguais do que apenas levemente diferentes.



Simples, não!? Dá pra brincar bastante com as cores da decoração!

E vocês, já escolheram sua paleta?

4 comentários:

Larissa disse...

Que legal essa reportagem... da pra usar a criatividade e mudar na festa.
Bjo

Glaucia disse...

Até hje não defini a minha! Sempre que vejo uma nova me esqueço da anterior! rsrs
bjos

Ju Louseiro disse...

Que legal!

Um beijo =)

http://www.fuxicodenoiva.com.br
http://casamentodossonhos-juefe.blogspot.com

Carolina disse...

E não é que madrinha tinha razão quando disse que ficaria legal o buquê azul no meio da decoração laranja? ^^

Beijins!!!