segunda-feira, 13 de junho de 2011

Vamos celebrar o amor!

Ando correndo muito esses dias e pelo visto vou continuar assim até o final dessa semana...

Daí que o Dia dos Namorados passou em branco aqui no bloguinho, então resolvi falar dele hoje!

Considerando que nossa conta bancária está prejudicada desde o início do ano, resolvemos não gastar dinheiro com presentes e afins e programamos de fazer um passeiozinho 0800, no Arpoador ou na Lagoa. Mas sábado fomos a um casório e fomos dormir às 06:00 da manhã... Só acordamos 14h da tarde (!), ficamos de preguicinha na cama, mudamos o programa pra um pulinho na praia, aqui do lado, começamos a papear e a degustar petits verre, o tempo foi passando e escureceu! O pôr do sol ficou pra próxima e acabamos o dia em um de nossos programinhas preferidos: tomando sorvete!! : )

Mas o que importa é que passamos o dia juntinhos e felizes! Afinal de contas, dia dos namorados deve ser todos os dias, nunca é demais celebrar o amor!! Então um feliz Dia dos Namorados pra vocês, ontem, hoje, amanhã e sempre!!!


Sobre o casório de sábado, foi do Pedro Paulo e da Renata, láaaa em Nikiti City. Uma gracinha a capela onde eles casaram, com um formato diferente e paredes de vidro, em Camboinhas. Tirando o fato de que ficamos meia hora rodando o bairro sem conseguir achar a bendita igrejinha (as duas únicas pessoas que conseguimos achar na rua nos deram informações totalmente loucas que só nos deixaram ainda mais perdidos) e que, quando enfim chegamos, a cerimônia já tinha começado, super recomendo pras noivinhas de Niterói!

A festa foi no Solar Imperial, uma casa de festas super bonitinha e fácil de chegar (até pra mim!!), com uma estrutura bacana e estacionamento interno. Primeiro casamento que vou desde que comecei a planejar o meu próprio, então é lógico que prestei atenção em TUDO, né!?

Estava tudo muito bom, comida, bebida, música, doces, decor, serviço etc etc. Adorei as cores que eles escolheram pros arranjos (amarelo com toques de laranja e vermelho), as velas em algumas mesas e penduradas na varanda, as bandejas dos docinhos e a estrutura para iluminação da pista espelhada, em vez daquelas de ferro.

Só ficou faltando aquele toque personalizado, como plaquinhas com coisas escritas, objetos fofinhos de decor, plaquinha nas cadeiras dos noivos... Mas confesso que só fui me dar conta disso quando Felipe me perguntou se, além das cores, eu tinha visto algo mais que tivesse gostado na decoração! E sabe por quê? Porque o que não faltou nesse casório foi amor! Era tão nítido o amor de um pelo outro, a cumplicidade, a sintonia, a felicidade transbordando!!! No final das contas, é só isso que realmente importa! Com tanto sentimento no ar quem é que vai reparar ou reclamar de alguma coisa?!? Fiquei muito feliz de participar desse momento, mesmo ainda não os conhecendo tão bem! (Pedro Paulo trabalha com o Felipe)

E fica a dica da casa para as noivinhas de Niterói! Falei com dois amigos que moram lá pra me ajudarem a chegar e nenhum dos dois tinha ouvido falar nela! Mas gostei bastante, recomendo!

Sem fotos do casório, sorry... Não quis levar máquina, não sabia se ia passar em algum lugar perigoso... Besteira minha! : \

2 comentários:

Carolina disse...

Se vocês tivessem ido na Lagoa corria o risco de a gente se esbarrar! xD

Minha mãe se perdeu em Niterói mês passado quando foi pra formatura da minha prima. Ô lugarzinho sem placa!

=***

Beatriz Amaral disse...

não conheço o Solar Imperial, mas realmente, todo mundo que conhece elogia! essa história de reparar nos detalhes dos casamentos que eu ia começou na época que a minha cunhada foi casar... isso vira vício! rs!

beijos!