quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Polêmica à vista!

Vocês viram que a Carol Hungria saiu essa semana no Globo?

Então, não conheci essa estilista, que é a queridinha no Rio, porque não estava disposta a pagar uma pequena fortuna no vestido, mas achei ela meio radical...

Entre as dicas que ela dá para ser chique e atemporal estão jamais usar sapato sem salto e menos ainda usar luvas, que são cafonas por natureza. Um pouco exagerada, não?

Bom, eu usei um saltinho baixinho na cerimônia e depois troquei pela minha sapatilha de forró, só que rosa, pra dar um charme! rs


E A-D-O-R-O noivas ousadas, de All Star, bota ou qualquer coisa que tenha a ver com as sua personalidade e a deixe feliz! 



Se a pessoa não gosta e não está acostumada a usar salto, pra que usar justamente no dia do casamento?? Pra ficar se sentindo um ET??? Me desculpe mas não posso concordar com isso não!

E sobre as luvas, acho muito complicado afirmar que é cafona... Primeiro porque gosto é algo que definitivamente não se discute (eu, por exemplo, ODEIO meio-fraque, que é considerado super chique), segundo porque há luvas e luvas, né! Acho lindo de morrer noivas vintage com luvas curtinhas de renda e acho que não tem exemplo melhor pra dar que a Rebeca, do Agora vamos casar, que arrasou no visual!



Essa foto é TUDO!!!

E olha, se tinha uma coisa que me irritava nos preparativos era alguém reclamar ou falar mal de alguma escolha minha pro casamento! O casamento é meu e faço do jeito que eu quiser, dá licença!? Cada uma tem um sonho que precisa ser respeitado! A única com permissão pra criticar, mas com jeitinho, rs, é mamis, porque mãe é mãe, né! rs E o então noivo, claro, afinal o casamento também é dele!

Acho muito complicado generalizar como a Carol fez, com todo o respeito a ela (que faz vestidos lindíssimos, diga-se de passagem). E vocês, o que pensam sobre isso?

Para ver a entrevista completa, clique aqui.

15 comentários:

Rebeca disse...

Hahaha! Também não concordei com ela, pois acima de tudo o "certo" é o que fica bem em cada caso. Não acredito em regras rígidas. Não quis nem entrar no mérito da discussão! Obrigada pelos elogios!Bjos.

Iara disse...

Tbm vi esse comentário sobre noivas chiques q ri muito. Primeiro pq o que é bom para um pode não ser para outro, segundo pq tbm acho que a noiva tem que usar o que gosta e usa sempre e não virar outra pessoa pro casamento. Eu por exemplo pinto sempre as unhas de vermelho e usei assim no casamento (outra coisa q foi condenada por ela). Tbm não gosto de algumas luvas, mas a da Rebeca são show, provando que nada é tão radical assim....
Enfim, chique é ser vc mesma! Sempre!
bjim

Gabi Lima disse...

Eu vi um trecho da reportagem e até concordo com certos pontos, mas cada um tem seu gosto e bolso, cada uma sabe aquilo que quer para o seu casamento e se tratando de um SONHO deve-se ter um pingo de respeito sobre as decisões da pessoa.
Beijos

Magda Estter disse...

Eu achei a maior parte das dicas muito válidas, principalmente a das luvas. Mas isso pode ser pessoal, não acho que luva fique bem em nenhuma situação, muito menos um casamento. Enfim, acho que as dicas de um profissional podem ajudar em muito às noivas que estão em dúvida com o que farão ou não no dia do casamento. Além disso, se a noiva está plenamente segura da escolha que fez, não vai ser a opinião de um profissional que iria fazê-la mudar de ideia.

MaNu HeLeNa disse...

Tati, polemicas a parte, vi seu casamento no vestida de noiva, chorei até com o video, lindo, lindo, lindo!
bju

Taynara Carth disse...

Nossa ate que enfim alguma blogueira se manifestou! Eu li as 15 dicas e não gostei, obrigada Tati pro expressar sua opinião que concordo plenamente. A noiva tem que se sentir bem com luva ou sem, salto ou nao, esmaltes como bem entender.

Helen disse...

Se tem uma coisa que ME IRRITA é esse tal de "noiva não pode isso...noiva não pode aquilo...noiva tem que ser assim..." AAAAAAHHHH!!!! ODEIO!
Escutei tanto isso porque queria usar sapato/brinco/anel/faixa vermelha, porque queria usar make pesadona, com direito a batom vermelhão, porque queria um cortejo ao som de chorinho, porque queria minhas madrinhas de preto...(a lista é grande!)
A única regra para noivas é a seguinte: FAÇA O QUE FOR TE DEIXAR FELIZ!!! (e que, de preferência, reflita a personalidade do casal, não algum modismo...)
E TENHO DITO! :)

Shirlene e Eliseu disse...

Concordo com você, eu no meu casamento tbm não usei um saltão, usei um mais básico, na verdade eu queria ter usado havainas brancas mais minha mãe não deixou acabou q foi assim!!! Eu tbm acho lindo luvas!! Beijos!!

Cristiane disse...

Bem, como vc falou, gosto e sonho cada um tem o seu e não podemos generalizar, cada um faz oque achar melhor e tq se sentir bem no seu grande dia. Bem no meu caso eu concordo com ela pois não curto luvas e achou super hiper chique sapato de salto. Volto a frizar que cada um tem a sua maneira de pensar e agir.
Beijinhos e ótimo carnaval

Éri Lugon disse...

Acho que o comentário da Carol vale pra noivas preocupadas em agradar aos outros e não à si mesma. E concordo em número, gênero e grau com você. Ora, se o casamento é meu eu faço o que bem entender! O importante é ser feliz, se sentir linda independente de estar com um salto ou não.

Beijocasss
aeromocinha.blogspot.com.br

Karen Souza disse...

Concordo com TUDO que a Éri lugon disse no comentário dela!!!
Eu por exemplo, vou casar de sapatilha porque eu ODEIO salto.

Tem que ser feliz e se é feliz de luvas, de salto baixinho ou qualquer outro sapato, então tá tudo otimo :)

Bjos


talvezeucase.blogspot.com.br

Fabi disse...

Concordo com vc! Eu usei meu All Star! kkkkkk
Nada mais confortável!!!
Bjim

Plano Perfeito de Casamento disse...

Concordo demais com você! É o que eu sempre digo, casamento é uma coisa muito pessoal... não dá pra estabelecer o que é certo ou errado nesta ocasião... o que vale é o sonho de cada um... respeito é fundamental!

Beijinho,
Vivi

Lica Tsukino disse...

Oi, meninas! Não quero botar lenha na fogueira não, longe de mim. Mas acho que interpretei o lance do salto de outra maneira. Acho que, nesse caso, a Carol não quis que ficássemos na ditadura do salto. Ele não é obrigatório, mas se você escolher um saltão, fique com ele até o final, ou seja, "não desça do salto". Acho que é pros casos em que a pessoa compra um sapato de saltão que não aguenta usar ou que não está acostumada, que não é confortável, e depois acaba se jogando na pista da dança de havaianas.
Em relação aos demais itens, acho que todo mundo tem a liberdade de escolher o que quiser e se sentir bem com isso. Acho lindo quem consegue ser ela mesma no casamento e dar esse tom a todo o evento. =D

Biessa disse...

Engraçado que eu convivi com a Carol um tempo pq ela fez meu vestido e ela é tão cabeça aberta! rs
Tipo, ela mesma casou com um vestido nada clássico - http://www.revistacasamento.com.br/portal/wp-content/uploads/2013/01/2-ICRJ27-Entrevista_Carol_Hungria_2pg-12.jpg
(esse é o vestido dela, se não me engano).
Acho que a noiva pode ser o que quiser, o que combinar com ela, inclusive não ser atemporal, se assim desejar! Qual o problema de termos a cara da época em que vivemos?

Essas listas são realmente um perigo, acho que nada pode ou não pode, tudo tem de sair do coração!
Eu sou uma pessoa tradicional pra mtas coisas, mas pra outras não, e assim vamos vivendo com nossos gostos e desejos :)

beijos