quinta-feira, 14 de junho de 2012

Relato 2 – Chegou o grande dia!


Depois de escrever os votos, postei essa música aí de baixo no face e fui dormir lá pelas 2h da manhã. Meu coração estava em paz e eu, já morrendo de sono, apaguei rapidinho.

Canta, coração
Festa no olhar
Um menino grande eu sou
Sede de viver
Fome de sonhar
Amanhã eu vou ver meu amor
Se o sol brilhar
Vai ser bom demais
Mas se chover
Tá tudo bem também
Amanhã eu vou
Seja como flor
No peito eu tenho o sol
De um grande amor

Acordei às 06:30 e olhei pela janela, o tempo continuava bem feio. É a vida, pensei, vai ser com chuva mesmo... Levantei e lavei a cabeça três vezes como mandou o Áureo, rs, só com shampoo. A casa inteira acordou, minha mãe, que ia comigo, meu pai, que ia levar a gente, minha tia, que ia ajudar a descer as coisas pro carro e meu tio, que estava lá também. Pegamos as coisas, que já estavam separadas na sala, e saímos. Quando o elevador chega e eu vou entrar, me dá um estalo: “o vestido!!!!” kkkkkk 

Sim, eu quase esqueci o vestido... rs

E lá fomos nós, um tiquinho atrasados e com o carro cheio, apesar de ter levado muita coisa pro sítio durante a semana!

No caminho, chuva, muita chuva. Escrevi o texto que postei aqui e o que postei no grupo do Yahoo, claro que me emocionei e chorei... rs

Já em Ilha de Guaratiba, bairro do sítio, minha mãe disse que o caminho ficava muito mais bonito com chuva, e com o cheirinho de mato. Mãe é mãe, né! hehe

Quando chegamos no sítio, chovia tanto, mas tanto, que mal dava pra sair do carro. Vieram me buscar com um ombrelone, mas só descarregaram as coisas quando a chuva deu uma trégua, pra não correr o risco de molhar nada.

Áureo já estava lá com a Andreza, assistente dele, e a minha assessora, também Andreza, também já estava me esperando.  Na mesa, um café da manhã caprichado, mas eu não tinha fome. Depois de conversar um pouquinho, sentei na cadeira pra eles começarem a preparar meu cabelo.

Aí começou a bater uma tristeza, por causa da chuva, e comecei a chorar... Eles conversaram comigo, falaram que se estava chovendo era porque era pra ser, que era chuva de bênção e que o toldo ia ficar lindo, eles iam arrumar bem direitinho! O Áureo me carregou até lá fora pra ver que continuava lindo com o toldo e que não tinha motivo pra chorar. E apostou comigo que até a hora do casamento ia parar de chover, e disse que nunca erra!

Voltamos pra Casa da Noiva pra continuar a preparação. Resolvi ligar o laptop pra ouvir a música do Dominguinhos, meu mantra nesse dia. Botei pra tocar umas 10 vezes seguidas, sério. Chorei nas 3 primeiras, depois me acalmei de novo.

Quando eles acabaram de preparar meu cabelo e foram mexer no da minha mãe, resolvi alterar um pouco os votos. E lá se vão mais algumas lágrimas! rs

Depois, quis entrar no blog pra ver se tinha algum comentário, e chorei mais um tanto com as coisas lindas que li, até de meninas que nunca tinham se manifestado por aqui! Fiquei muito feliz e emocionada!

Aí o Áureo disse que desse jeito não ia conseguir me maquiar nunca, porque eu ia ficar com a cara toda inchada! Desisti então de entrar no grupo do Yahoo... hehe

(continua no próximo post...)

__________________________________________________________

Obs: Daiane me passou a brincadeira das imagens! Obrigada, querida! Mas posso ficar com preguicinha de fazer? É que se eu parar pra fazer isso não acabo de selecionar as fotos pros relatos nunca! rs 

11 comentários:

Rebeca disse...

Menina, você deixou mesmo a chuva te abalar! O importante é que no final das contas tudo ficou lindo, todo mundo se divertiu e você nem lembrou da chuva! Bjos.

Alana Tenório disse...

Ai que emoção né? No dia a pessoa já tá tão emocionada que qualquer coisa deve ser motivo de mais e mais emoção... Bjuss

***Jaque*** disse...

Nossa flor como você ficou emotiva kkk,ai mostra logo estas fotos ta me matando de curiosidade kkkk.


Beijoss!!

Carolina disse...

Taaaaatiiii!!!
Você me deixou com o olho cheio d'água no meio da estação siqueira campos!!!

Pior eh que me toquei que os "capítulos finais da novela" vão ao ar no meio da minha lua de mel, sacanagem!!!

=***

Marcela Pontes disse...

Own, meu Deus! Que judiação!
Tava quase chorando lendo seu relato, quando li o que o Áureo falou e dei uma gargalhada.
Mas que bom que no final deu tudo certo!
Inclusive na lua-de-mel, mesmo com 1 hora de Louvre hahahahahah
Bjksssss

Melissa Pimenta disse...

Vc é igual a mim: CHORA! CHORA MUITO! rs
Sou dessas tb, mas quero evitar mto choro no grande dia, meus olhos ficam esbugalhados..rs...
Quero muito ver as fotos!

Beijos

Cynthia disse...

Tati, primeira vez que vim em seu blog! Amei!!!!!!!!!
Ai o meu casamento está chegando e me identifiquei em muitas coisinhas que você já relatou aqui.

Favoritei!

Beijosss querida
(quero ver fotos!!)

Camila disse...

Seu blog é leitura obrigatória a um tempinho. Sem me manifestar, mas leio sempre! Entretanto tenho que confessar que o post de hoje foi tudo de bom, eu quase morri de curiosidade quando li (continua no próximo post...)... Poxa! heheheh.

Beijinhos,

Iara disse...

poxa quase chorei agora... se continuasse o relato hj acabaria em lagrimas...doida para saber como terminou tudo.
bjão

Fran Huesa disse...

Menina...imagino no meu casamento, acho q vou sem maquiagem, pq vou chorar até...

bjuu

respireecase.blogspot.com.br

Luana Sousa disse...

Ai Taty!Quis chorar agora também....e estou curiosaaaa!rs

Irei me casar em Novembro...meu maior medo é a chuva,mais falam que chuva é benção!


Beijos